quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Dívida de Sangue


Depois de em "Sangue Fresco", Bill se ter candidatado a um cargo político do meio vampírico, para garantir protecção a Sookie, e de esta ter feito um acordo com Eric, o vampiro manda-chuva da zona, em que se propunha a usar o seu dom de leitura de pensamentos para ajudar Eric, também em troca de protecção, em "Dívida de Sangue", Eric cobra o favor.

Sookie é então "emprestada" aos vampiros de Dallas, chefiados por Stan. Este pede-lhe que use o seu dom para interrogar uma série de humanos, para descobrir um vampiro desaparecido.

Ao mesmo tempo, um dos colegas de Sookie, Laffayette, é encontrado morto no carro de Andy Bellefleur, o polícia local, e Sookie, juntamente com Eric, tenta descobrir o assassino.

A dose certa de mistério, misturada com elementos sobrenaturais, principalmente vampiros, mas com a introdução de algumas coisas novas, como lobisomens e ménades, antigas criaturas da mitologia grega.

Mais uma vez, vemos como a autora, Charlaine Harris, manipula o quotidiano dos vampiros, tornando-os mais reais. Um pormenor interessante é o facto de Sookie apanhar várioas enxertos de porrada, ficado sempre num estado lastimoso.

Assim de repente, parece algo exagerado, pois ela acaba por passar mais de metade do livro toda partidinha, mas se pensarmos nisso, mesmo lendo pensamentos, Sookie é humana, e vê-se constantemente metida no meio de conflitos entre vampiros, seres com 20 ou 30 vezes a força normal de um homem.

Ou seja, faz algum sentido, torna a história mais real, e é isso que faz de Harris uma tão boa escritora: mesmo sendo histórias carregadinhas de sobrenatural, consegue dar um fundo razoável à história, e uma boa dose de realismo.


4 comentários:

Paula disse...

Estou tentada a comprar esta colecção. Não sei se já sabem, mas o terceiro livro da colecção vem já a caminho.
Vampiros não é muito o meu género, mas confesso que devido a estas capas lindas estou tentada a comprar e a ler :)
Abraço

Rui Bastos disse...

É verdade sim senhor, o 3º Volume não tarda tá ai, "Clube de Sangue" ;)

E mesmo não sendo o teu género tá descansada, que não são as típicas histórias de vampiros!

Aline disse...

Eu sou fã!
EStou pra comecar neste sabado o 6º livro da série.
beijos

Rui Bastos disse...

Mas tás a ler em inglês, isso é aldrabar o sistema =P