quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Em Agosto lê-se, e com o tempo que sobra, dorme-se


Quando entrei oficialmente de férias disse que ia fazer muita coisa. Mudança de visual aqui no blog, novas secções, arrumar um pouco as coisas, começar a ver as temporadas antigas de Doctor Who, lidar com 2 projectos literários... Enfim, uma catrefada de coisas.

Como podem reparar, não mexi em absolutamente nada, no blog. E como está assim ficará até Setembro, quando espero ter vagar para lhe dar uma pequena volta.

Mas pelo menos comecei a ver Doctor Who. Cada vez gosto mais daquilo. A primeira temporada, então, que estou quase a acabar... Apesar do trabalho deplorável da maior parte dos actores, dos efeitos especiais datados e das histórias bastante lineares (bastante un-Doctor, portanto) e mal enjorcadas, é divinal assistir aos primórdios da série que tanto gosto.

E há sempre o William Hartnel, o actor que deu corpo à primeira encarnação do Doctor e que é pura e simplesmente genial. Salva, domina e rouba a maior parte dos episódios em que aparece. Se bem que, verdade seja dita, as histórias têm alguns momentos altos e de bastante qualidade, independentemente do Doctor.

Falta faltar dos projectos literários. Pois bem, chamem-me o Jesus Cristo do trabalho, mas eu ao longo deste mês consegui multiplicar a quantidade de projectos que quero desenvolver. De tal forma que vou ter que fazer uma escolha e simplesmente guardar algumas ideias para mais tarde.

Entre a criação de outros blogs, dedicados a outras coisas, sozinho e em conjunto com outras pessoas tão ou mais loucas que eu, e as ideias que vou tendo para escrever, mal tenho tempo para tratar de escrever textos cujo prazo de entrega se aproxima.

Que textos?, perguntam vocês. Um dia destes digo-vos, respondo eu.

Desconversando, lembrei-me agora que ainda há a questão da frequência de actualização aqui do blog. Fiz 3 meses com uma publicação por dia, um ritmo que consegui manter, muito à custa de contos. Mas pensando no futuro, e para preservar a minha sanidade mental, esse ritmo vai ter que diminuir.

Não é impossível continuar com este ritmo, eu tenho sempre muito que dizer, mas é demasiado desgastante ter aulas e ter que escrever, em média, um texto por dia. Ainda não me decidi muito bem quanto a que ritmo adoptar, mas pelo menos em Agosto vou publicar opiniões (muito provavelmente quase todas de contos, já explico) às Segundas, Quartas e Sextas, e uma crónica aos Sábados.

Ainda é muito, mas eu passo a explicar: para começar, em Agosto vou estar de férias férias. Como podem deduzir do título, vai ser o mês em que, como é costume, eu ignoro um pouco o blog e o resto dos afazeres internéticos, em prol de leituras, escritas e verdadeiro descanso.

No entanto, como não gosto da ideia de deixar o blog às moscas durante 1 mês, deixo coisas agendadas até Setembro, altura em que volto a pegar nisto como deve ser. Portanto não estranhem que continue a publicar e não responda aos comentários (que são escassos, não é verdade?), ou que demore alguns dias a fazê-lo.

Para agendar essas publicações todas, vou aproveitar o facto de andar a ler muitos contos, literalmente mais depressa do que escrevo as opiniões. Tenho anotado as minhas impressões, mas não tenho tido paciência para estruturar textos coerentes. Isto deixa-me opiniões em atraso, que aproveito para despachar agora nos próximos dias, de rajada, e deixar agendadas para Agosto.

Aproveito e deixo também um lista algures numa das barras laterais com os textos que vão sair quando. Assim também se cria suspense! Falando a sério, é uma ideia que quero manter para depois, porque volta e meia estou a ler livros mais depressa do que publico as suas opiniões, além de que venho de Agosto com livros lidos à volta da dezena.

Pronto, isto tudo porque gosto que andem informados, desse lado. Já tenho um número minimamente respeitável de visitas diárias, e um número de seguidores que parece crescer todos os dias, acho que vale a pena ir informado sobre estas coisas.

Não sei se merecem muito, que quase ninguém comenta nada, mas pronto... Tenho esperanças que um dia destes se passem dos carretos e passe a haver um frenesim tão grande de comentários que eu passe mais tempo a responder-lhes do que a escrever coisas novas para publicar!

Com tudo dito, despeço-me. Boas férias, boas leituras, é sempre um prazer monologar com vocês. Em Setembro há mais.

4 comentários:

Iceman disse...

Gostei dessa do "monologar com vocês".

Abraço e boas férias!

Rui Bastos disse...

É o que eu faço, na prática :)

Obrigado e igualmente, grande Iceman!

SMP disse...

Eheh. Não te enganes, pode não haver comentários, mas, ainda assim, big brother is watching you (e não, não me estou a referir ao Tio Sam).
Boas férias, boas leituras e melhores escritas!

Rui Bastos disse...

Ao menos isso!

Obrigado e igualmente :)