quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Fragmentos aleatórios de excitação


Vou-vos contar tudo muito rapidamente: Sábado dia 17 recebi o mail a dizer que fiquei colocado em Engenharia Biomédica no IST (primeira opção, yay!); Domingo dia 18 fiz anos e recebi, entre outras coisas, uma espectacular mala dos AC/DC, com a fronha arrogante de um jovem Angus Young espectacularmente estilizada na frente; e ontem, Terça dia 20, fui gastar o dinheiro que tinha no cartão oferta que recebi nos anos, e comprei o David Copperfield, de Charles Dickens, barato, depois de há uns dias atrás ter comentado com alguém que andava à procura dele; e com o dinheiro que sobrou, comprei ainda o The Stand, de Stephen King, um épico apocalíptico de 1300 e tal páginas. Resumindo: pode-se dizer que sou um gajo feliz.

Não podia estar mais orgulhoso de mim mesmo (gaba-te cesta) por ter entrado onde queria, no curso que queria, e ver recompensado o meu esforço dos últimos 12 anos, especialmente dos últimos 3, nomeadamente deste último. E não podia ter arranjado prendas melhores! Uma mala, que andava a precisar, extremamente linda e maravilhosa, e dois grandes calhamaços, como eu gosto, que incluem um dos maiores livros que o meu autor favorito de sempre já escreveu, para eu me babar a olhar para ele.

Isto tudo, quero pedir desculpa pela aparente desorganização que tem grassado no blog. Aquilo que se tem passado é que andamos todos a ler mais depressa do que escrevemos. A preguiça de escrever é muita, mas a vontade de ler não esmorece, o que leva a um desfasamento entre aquilo que anunciamos estar a ler, e as opiniões que vão saindo. No meu caso a coisa já está estabilizada: ando mesmo a ler A História Política do Diabo, de Daniel Defoe, que é bastante engraçada, já agora, apesar de ainda ir praticamente no início. O tom sério, de ensaio, com que o autor escreve é completamente contrabalançado pela crítica irónica e mordaz do assunto de que tão bem fala. Estou a gostar, mas não me vou adiantar muito, que depois tenho que escrever a opinião, e se digo já muita coisa depois não tenho nada para dizer, e fico com preguiça de escrever, e volto a entrar no círculo vicioso de ler mais depressa do que escrevo, e enfim, é uma desgraça...

Já agora, também já tenho as próximas leituras planeadas: O Segredo de Chimneys, de Agatha Christie; Número Notáveis, de Lamberto García del Cid; A Mãe, de Maximo Gorki; Os Passos Perdidos, de Alejo Carpentier; O Homem do Castelo Alto, de Phillip K. Dick; O Demónio Branco, de Lev Tolstoi; e depois logo se vê. Penso já ter tudo planeado pelo menos até ao final de Outubro (espero). Se entrar nalgum frenesim de leitura, o que é pouco provável, isto só dura até à segunda semana de Outubro... Mas com a entrada na Universidade, e essas coisas todas, o mais provável até é a leitura arrastar-se um pouco mais. Logo se vê.

8 comentários:

DiAlex disse...

Bem vindo ao IST =)

Laura disse...

Oh, és um caloiro!
Eu já passei por isso no ano passado. Em breve hei-de estar do outro lado, eheh :D
Parabéns por teres entrado onde querias e pelos anos (ainda que atrasados)! :D

Rui Bastos disse...

Obrigado DiAlex, temos que ver se nos encontramos por lá, um dia destes :D

E obrigado Laura! Andas onde? :)

M. à conversa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...

Rui,
de nada :) Eu ando na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa :)

Umbrae disse...

Parabéns colega ;)

Jacqueline' disse...

Muitos parabéns :)

miguel fernandes disse...

Acabei de ler o O Homem do Castelo Alto e cheguei à conclusão que mereceu o prémio Hugo. Espero ver um review teu sobre este livro. Já agora, parabéns pela faculdade.