segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Os Vingadores #8


Argumento: Jonatham Hickman, Nick Spencer
Arte: Mike Deodato, Frank Martin, Rain Beredo, Stefano Caselli, Marco Rudy, Marco Checchetto
Tradução: Filipe Faria

Opinião: Tanto... Texto... Os meus olhos... Não aguentam... Tanto... Texto...

A sério, isto quando um gajo vai ler banda desenhada e os desenhos só servem para sabermos o sítio onde as personagens estão e o aspecto dessas mesmas personagens, fico triste. E em parte foi o que aconteceu aqui, especialmente no primeiro terço, correspondente a um número dos Illuminati.

É que assim até perdi um bocado o interesse em seguir a história. Sim, são um grupo super secreto, mais orientados para as politiquices e isso tudo, mas tem personagens tão boas e tão expressivas, que a tentativa de ser mais sério apenas faz com que a narrativa fique mais pesada e tudo fique mais... Genérico.

Por exemplo, as desavenças entre o Namor e o Pantera Negra são fantásticas de acompanhar, assim como o facto de o grupo ter expulsado o Capitão América, por ser demasiado bonzinho, mas tudo isso acaba por ser pouco explorado.

Felizmente esses aspecto melhoram nas duas partes seguintes, correspondentes ao fim do prelúdio para a saga Infinito. A história é mais interessante, embora mais confusa, e o problema do excesso de texto desaparece em grande parte. O factor "confusão", no entanto, ainda pesa um pouco, e tenho a sensação de que me está sempre a escapar alguma coisa.

Pior, continuam a ser introduzidos pormenores novos que não avançam propriamente o enredo, sem se explicar grande coisa, o que não abona nada a favor da história. Resta-me esperar pelo começo de Infinito, para ver como é que a coisa evolui.

2 comentários:

Jules Pijey disse...

Por acaso tenho notado imenso isso que dizes da quantidade de textos. As últimas BD's andam a ser especialmente "escritas".

Mas esta capa está muito hardcore!

Rui Bastos disse...

Lá está! E a capa está razoável, vá :p O tipo não tem qualquer relevância para estes números!