sábado, 12 de setembro de 2009

Oliver Twist



Se estão a ler este post, decerto já ouviram falar das aventuras e desventuras do jovem Oliver Twist. E, ou querem conhecer a minha opinião acerca desta obra do intemporal Charles Dickens, ou querem saber se vale mesmo a pena lê-lo. Ora, então sem mais demoras aqui têm a minha opinião, que provavelmente nem fará jus suficiente a esta magnifica obra com a qual me detive esta semana e meia: Acho que como critica a este livro basta dizer que fiquei absolutamente fã de Dickens, que passou a ser de longe um dos meus escritores preferidos, senão mesmo o eleito entre todos os outros.

Sobre a história:
Órfão à nascença, depois da morte prematura da sua mãe ao dar à luz, Oliver Twist é forçado a viver num albergue de mendicidade, que tinha como senhor absoluto o terrível Sr. Bumble, que sujeitava os rapazes a incansáveis maus tratos e a passar fome. Desesperado, embora determinado, Oliver consegue fugir para Londres. Sem dinheiro e completamente sozinho, é sequestrado para o mundo do crime pelo sinistro Fagin, cabecilha de um bando de ladrões. Envolvido por um bando de patifes, o bom Oliver é preso por um crime que não cometeu. A vida do rapaz muda quando conhece o Sr. Bownlow, o alvo do roubo, lhe dá comida, roupas, abrigo e afecto. Porém, Twist é novamente raptado pelo grupo de ladrões de Fagin, que estava com medo que os denunciasse ao Sr. Bownlow. Com efeito, os ladrões tentaram impregnar o espírito do roubo ao rapaz, embora sem sucesso. Como tentativa desesperada de levar o sempre honesto Oliver a tornar-se bandido, o bando de Fagin monta um esquema de assalto, envolvendo o rapaz sem ele saber. Na sequência do assalto, Twist decide tentar avisar alguém residente na mansão, e esbarra, acidentalmente com os donos da casa, que disparam sobre ele, sem saberem que se tratava de uma criança.
Vendo-se em perigo, o pequeno foge da casa com os ladrões, mas estes deixam-no para trás e Oliver fica ao acolhimento da família que vivia na casa do assalto durante algum tempo, mas sempre na esperança de voltar a ver Sr. Bownlow, decide contar com a ajuda das boas donas da casa para encontrar o seu antigo bem-feitor. Reencontrando Oliver, Sr. Bownlow faz de tudo para encontrar as origens do rapaz, e factos reveladores e inesperados acabam por vir ao de cima.

Leitura absolutamente deliciosa.

2 comentários:

Jacqueline' disse...

Vi o filme e a história é, sem dúvida, muito interessante. O livro deve ser também fascinante!

Tatiana disse...

deste oliver twist, apenas li A Christmas Carrol, que adorei!! este é um livro que também gostava de ler!

gostei do blog :)