terça-feira, 14 de setembro de 2010

O Pátio Maldito


Começo por dizer que esperava mais deste livro pelo facto de a história no inicio parecer bastante mais aliciante e prometedora do que o final aguardava.

O Pátio Maldito, trata-se de uma das mais célebres obras do Nobel croata Ivo Andric.
A história relata o dia-a-dia de Frei Petar, que julgado injustamente por um crime que não cometeu, é preso no Pátio Maldito, uma das mais mal-afamadas prisões do império Otomano. À sua volta circulam as mais bizarras personagens: assaltantes, charlatães, violadores, doentes mentais, enquanto a vida lenta e sufocante do Pátio o mata lentamente.

Sempre de um ponto de vista observador, Frei Petar medita sobre os exemplos que se lhe afiguram diariamente, reflexões que deixam o leitor a pensar sobre a justiça e a sociedade.

Bastante poético e filosófico, O Pátio Maldito peca unicamente no tamanho, que lhe dá a ideia de conto inacabado e de final "a despachar".

Sem comentários: